diagram_edited.png

Contexto

 
 

É manifestamente insuficiente e ineficiente a oferta pública de transporte fluvial no Tejo, com repercussões negativas na qualidade de vida dos habitantes dos concelhos ribeirinhos dos concelhos da AML Sul.

Ação #1

Pressionar o poder central no sentido de liberalizar o transporte fluvial no Tejo

Ação

 
 

É nosso objetivo, pressionar proativamente o poder central no sentido da abertura da operação de transporte de passageiros à iniciativa privada de forma a:
- Promover maior eficiência na prestação dos serviços de transporte, permitindo;
- Reduzir os encargos do Estado e oferecer serviços de maior qualidade, segurança e economia aos que necessitam destes serviços.
Nota: Esta proposta não elimina a gestão do serviço público de transporte de passageiros, apenas abre à concorrência a exploração por privados deste transporte fluvial.